Artigos, Publireportagem

A Loja do Caminho, em Vila do Conde no “novo” Caminho de Santiago!

A Loja do Caminho, em Vila do Conde no “novo” Caminho de Santiago!

A Loja do Caminho acolheu o “Almoço com Showcooking Vegetariano, por Joana Martins” (Seiva), no passado domingo, dia 12 de fevereiro. Um evento cheio de cor, aromas, cheiros e um convívio familiar em que o tempo simplesmente voou.

Quisemos saber mais sobre este espaço tão amável, por isso entrevistamos os representantes d’ A Loja do Caminho, o Rafael e a Luísa.

7 Motivos para ir À Loja do Caminho!

  1. Espaço Familiar;
  2. Muitos eventos e diversos;
  3. Atendimento personalizado;
  4. Livros e Jornais para ler e jogos de tabuleiro e tradicionais;
  5. Comida Saudável e Saborosa;
  6. mesas comunitárias e sem televisão;
  7. Mercado Enorme que aumenta a área útil da Loja;

O que está na origem d’ A Loja do Caminho?

A Loja do Caminho surge aproveitando a abertura de um Albergue de Peregrinos na cidade de Vila do Conde, em compatibilidade com um concurso lançado pela Câmara Municipal de Vila do Conde de concessão das lojas do mercado municipal.

Para além desta oportunidade, a paixão pelo Caminho de Santiago, o gosto pelo turismo e a ligação à cidade de dois Vilacondenses fez com que este projeto fosse avante. Mais do que um projeto de restauração, este projeto visa acolher e apoiar os Peregrinos, quer os que passam, quer os que pretendem seguir caminho. Os primeiros com suporte de saúde, de indicação do caminho, de pequenos serviços de mercearia e evidentemente com uma proximidade e acolhimento típico dos Caminhos de Santiago. A Loja do Caminho visa também ajudar todos aqueles que pretendam “fazer-se” ao Caminho, explicando e indicando os caminhos possíveis que passam por  Vila do Conde e recomendando as precauções a tomar na preparação de uma peregrinação longa e difícil. (mochila, tempos por etapas, momentos de paragem, dificuldades no caminho, etc).

Para além desta função diretamente ligada ao Caminho de Santiago, a Loja do Caminho visa acolher no seu espaço a comunidade local (Concelhos Vila do Conde e Póvoa de Varzim), com uma programação trimestral de eventos, relacionados com épocas festivas e essencialmente querendo promover as tradições locais, algumas delas sendo necessária reavivar a memória, como por exemplo são os casos do mês de Janeiro e Fevereiro em que se festejou o Santo Amaro, a Nossa Senhora da Guia e o São Brás.

Para além da atividade no espaço da Loja do Caminho, a equipa dedica-se também a dinamizar Certames de Artesanato Urbano, em conjunto com os outros lojistas do Mercado de Eng Duarte Pacheco, aos quais chamamos “Há feira…” no Natal, de Namorados, na Páscoa, de dois em dois meses. Com esta dinâmica de eventos, estamos convencidos que “Vamos dar vida ao Mercado!”, juntos somos mais fortes e em breve o Mercado de Engº Duarte Pacheco irá estar na cabeça das pessoas, como um local de passagem obrigatória em Vila do Conde.


Qual a relação entre o o “novo” Caminho da Costa a Santiago de Compostela e a Loja do Caminho?

Para nós o novo Caminho da Costa é muito comercial, apesar de haverem registos de passagens de peregrinos em tempos passados por Vila do Conde,  e o “aproveitamento da rota está neste momento a ser muito bem executado pelos municípios do Norte Litoral.

O Albergue Santa Clara foi nitidamente a oportunidade da nossa imagem e ligação ao Caminho de Santiago, mas pensamos que estamos ligados ao Caminho da Costa, mas também ao Caminho Português (Central), porque em Vila do Conde e próximo da Loja do Caminho, os peregrinos podem optar por seguir pela Costa ou virar em direção a Touguinha, Touguinhó, alcançando o Caminho Central em São Simão da Junqueira, daí mais um atrativo para a nossa Loja.

O Caminho da Costa está nitidamente ligado ao projeto, mas visto o Rafael ser Hospitaleiro no Albergue de Peregrinos do Mosteiro de Vairão e Vairão ser a origem desta Paixão, temos um carinho especial pelo Caminho Central (Português), querendo promovê-lo da mesma forma (que o da Costa). É mesmo enriquecedor estarmos incluídos nestas rotas, as pessoas de todo Mundo que passam, fazem de nós mais ricos e é como se estivéssemos a caminhar com todos que por aqui passam.


Para além do espaço, que iniciativas e dinâmicas A Loja do Caminho participa?

São muitas! Como disse anteriormente a Loja do Caminho está em atividade constante e em cooperação com muita gente que nos circula. Como disse antes Juntos somos mais fortes e acreditamos piamente neste lema e estamos ativos nos Certames do Mercado (“Há Feira…”) e propusemos em conjunto com a Rota dos Sabores, outra Loja do Mercado, um programa de atividades para o ano inteiro, que com o apoio da Camara Municipal de Vila do Conde vamos desenvolver. A primeira experiência foi no natal passado com cerca de 35 expositores e tivemos outra antes do dia dos namorados e teremos outra na Páscoa. Basicamente estamos a desenvolver o slogan “Vamos dar vida ao Mercado” e o nosso objetivo é ter “Um Mercado sempre em Festa!”…Este local mítico da Cidade Merece!!!


Qual a v. opinião sobre as redes sociais digitais e a aproximação da comunidade? E por consequência, qual o impacto no comércio local?

A nossa experiência, que é pouca (6 meses), diz-nos que o Facebook (a rede social que usamos) é uma “Ferramenta Promocional” fantástica! Com cerca de três publicações por dia, conseguimos manter a Loja do caminho na cabeça das pessoas, mesmo estas não vindo à Loja, um dia virão visitar-nos, estamos convictos disso. Através das redes sociais tem vindo muita gente visitar a Loja, pessoas que não conhecíamos e que viviam mesmo pertinho de nós e acabamos por encontrar ligações sejam elas familiares ou de amigos. Pensamos que através das fotos que publicamos, das mensagens que associamos a essas publicações, conseguimos transmitir o calor, o acolhimento, o espaço familiar e descontraído que pretendemos que este  seja.

Conseguimos juntar a comunidade aqui, quer pelo nosso espaço, quer pela importância que um Mercado Municipal tem no desenvolvimento de uma Cidade, ainda por cima quando se trata de uma cidade com ligação ao mar e com uma área rural e agrícola muito grande. Sem as redes sociais não conseguiríamos acolher metade das pessoas a que chegamos todos os dias, via internet. Sem dúvida, um instrumento fulcral no nosso projeto!


Qual a próxima sugestão de agenda que não podemos perder n’ A Loja do Caminho?

Já este fim de semana estamos em parceria com o Villa Session`s o 1o festival de Rock e Blues de Vila do Conde e vamos acolher alguns dos participantes no festival.

No próximo Domingo o Mercado acolhe a Feira de Velharias que se realiza no 3o Domingo de cada mês e a Loja do Caminho vai promover a Hora do Conto, com a Lenda de Arlequim, pelas 15h e vamos ajudar a fazer máscaras com caixas de ovos. O público familiar e infantil é muito importante para nós e as crianças precisam cada vez mais de brincar e ao ar puro e o mercado é um espaço amplo e seguro, ideal para os filho s e para os pais!

Vamos receber a concentração dos espontâneos para o cortejo de Carnaval, dia 28 de Fevereiro às 19h30 e o mês de Março vai arrancar com um jantar Internacional, desta vez será representada a Venezuela, tendo sido o primeiro realizado em Fevereiro relativo a Angola. Mas muito mais atividades virão e para acompanhar basta seguir-nos na nossa página de facebook. (Ver página d’ A Loja do Caminho, aqui)

A Equipa Lua Nova agradece a v. amabilidade e disponibilidade! Gratos!

Se gostou deste artigo partilhe com os seus amigos