Artigos, Desenvolvimento pessoal

Tens noção do que têm os teus sacos?

Confusões que por aí andam…

………….E ainda há quem confunda ….

…esperteza com sabedoria

…perfeição com equilíbrio

…estatuto com identidade

…valor pessoal com poder de compra

…apego com amor

…pensamento e sentimento

….poder com violência

….profundidade com sensibilidade

…crença com fé

…segurança com dinheiro

e muitas outras confusões que por aí andam…..

Infelizmente a sabedoria não se ensina na escola ou num determinado compêndio ..
Ela é fruto das experiências bem integradas ao longo do tempo, da leitura ou aprendizagem das mais antigas filosofias de vida como o estudo profundo dos arquétipos que nos representam, da observação do desenrolar da história da humanidade e da capacidade de ir para além dos limitados 5 sentidos da realidade 3D e permitir que tanto o visível como o invisível nos dêem respostas e sejam ambas levadas em conta sempre que pretendemos compreender a nossa realidade.

Nestes tempos em que o conhecimento se tornou mais importante do que a sabedoria, o resultado está à vista; infinita informação na ponta dos nossos dedos 24h por dia mas incapacidade total de lidar connosco próprios e com os desafios da vida.

As velhas filosofias de vida que nos falavam na harmonia entre corpo / mente / espirito, o equilíbrio das energias Yin e Yang, a consciência das dinâmicas kármicas e o conceito de evolução espiritual rumo à nossa capacidade de nos amarmos incondicionalmente foram trocadas pelas publicidades com que somos bombardeados levando-nos inconscientemente a buscar a imagem perfeita, magra, feliz, rica e bem sucedida nas nossas vidas criando assim sem nos darmos conta uma escravidão e culto ao nosso ser exterior, negando por completo a nossa vida interior.

Se por um lado o estado de indiferença em que caímos perante as emoções do próximo e de nós próprios justifica bem o mundo violento e agreste em que vivemos, verdade é que uma nova energia, tão poderosa e flexível como a água está a chegar a nós e a infiltrar-se em cada um de nós, em cada assunto das nossas vidas trazendo consigo a iluminação das nossas sombras e o empurrão que cada um de nós precisa para aceder aos seus potenciais. Sem esta luz estaríamos a viver já sem esperança, em estado de sobrevivência e violência e sem noção nenhuma de que está em nós o poder de mudar o mundo.
A Luz que todos começamos a sentir traz consigo a esperança ao fundo do tunel, traz consigo a capacidade de nos levar a mais elevados patamares, eu diria mesmo saltos quânticos de consciência há muito tempo não vistos neste planeta.
O preço?
Todos os sacos de areia que prendem o nosso balão de voar.
E cada um de nós sabe muito bem o que os seus sacos têm dentro…
O tempo que leva?
Tens a eternidade! Levará o tempo que entenderes e o necessário até que TU deixes os TEUS sacos para trás.

Tens noção do que têm os teus sacos?

Vera Luz

Se gostou deste artigo partilhe com os seus amigos

Veja também