Artigos

Energia de Agosto 2017

Energia de Agosto 2017

Desde a Lua Nova que a energia está a emergir, mas que energia é essa que está a vir ao de Cima, ora como a Astróloga Ruth Fairfield explica e muito bem um Leão alinhado com a Alma, é um Ser Humano em que a fusão entre a personalidade e Alma caminham juntos centrado no coração, Sol rege o chakra cardíaco, em harmonia com tudo o que o rodeia, vive em alegria e amor, este é o estado que podemos observar num ser como Sri Prem Baba, amor e alegria que caminham juntas em harmonia ao serviço do planeta.

Mas um Leão em desequilíbrio ainda vibra nas matrizes do Eu inferior, ou ego, como orgulho, luxúria, a competição, a luta pela sua integridade e honra, fechado na sua verdade a defender uma auto imagem que tem de si mesmo, mantendo fechado o chakra cardíaco, exaltando tudo em si e nos outros, gerando discórdia, desequilíbrio em si mesma/o e à sua volta. Atenção que Leão existe no mapa individual de cada um de nós em algum ponto mas essas questões deixo a minha Querida colega e Amiga Ruth Fairfield.

A autenticidade é espontânea, mas será que a nossa é ?
Ou será sim forçada ? porque mesmo que o outro ou outros o/a reconheçam, o/a valorizem e o/a enalteçam, será que a tem uma auto imagem de admiração por si, mas tem por base o amor ou é de profundo sofrimento e sem amor próprio ?

Onde se exalta ainda o orgulho, a arrogância ou qualquer outra mascara de defesa, de querer mostrar algo que possui, que tem como talento, como algo que conseguiu atingir, algo que o/a possa fazer destacar-se dos demais, consegue perceber que na realidade está a contribuir para o fosso emocional onde está, para alimentar a sua sombra ou ainda nem tinha pensado nisso.

Agosto será uma verdadeira chamada de WAKE UP call, porque ela vai proporcionar-nos a uns de uma maneira leve e a outros à força de percebermos o que é que precisamos de reavaliar dentro de nós e nas nossas vidas, e onde é que precisa mesmo de um reset ao sistema, que é como quem diz, o que é que por amor a nós próprios precisa ser eliminado e transformado .

Ora com tanta reavaliação, espera-nos sem dúvida mudanças profundas interiormente, como a consciência das nossas necessidades mais profundas, como a consciência das feridas emocionais estão a operar em nós e nas nossa vidas em todas as áreas, como podemos em amor por nós transformar .

Se Julho foi intenso, meus Queridos com dois Eclipses em Agosto as coisas estarão ao rubro, porque as oscilações emocionais serão muitas, a confusão mental e emocional também, as verdades que irão apresentar-se de forma nua e crua, porque andamos a tapar o sol com a peneira para não vermos e não sentirmos também, portanto é toda uma oscilação de polaridades ao extremo.

Quem foi dando inicio a este processo no Eclipse de Fevereiro e ao longo destes meses tem vindo arrumar as casa interior e exterior, pode sentir menos este impacto, porque Agosto será a oportunidade de fechar um ciclo e iniciar outro, mas ainda assim a necessidade de reavaliar tudo estará presente . Poderá inclusive dar inicio a novas parcerias, relacionamentos e ter umas boas surpresas na sua vida e no seu processo interior.

Quem é a pessoa mais importante da sua vida ?

Se a primeira resposta não foi você, prepare-se porque será mostrado onde é que você está a gerar a auto destruição a si mesma/o, onde é que você coloca outros em primeiro lugar, dando lugar a emoções como à frustração, à raiva e ao ódio, onde projeta a culpa nos outros, porque não quer assumir a responsabilidade de cuidar de si, de fazer por si e da amar-se a si, de respeitar as suas próprias necessidades, seguir seus sonhos.

O primeiro eclipse vai fazer emergir as sombras escondidas, ou seja, o lado emocional que você faz tudo para não se mostrar com medo de ser rejeitada/o, ser abandonada/o, ser humilhada/o, ser traída/o ou sofrer uma tremenda injustiça, mas na realidade é com medo de voltar a sermos magoados que criamos as defesas que afinal apenas trazem mais do mesmo, à que tomar consciência dessas emoções e assumir a responsabilidade do comando da sua vida, na resolução dessas questões que o/a mantém preso/a nessa roda de dor e sofrimento.

Tempo de assumir aquilo que tem ou não qualidade para nós, depois sim criar as mudanças e a organização necessária a transformar a vida e a nós mesmos com base nesse amor por nós, no auto merecimento e na responsabilidade do que estamos a criar .em cada momento.

 

Qual é o melhor investimento da sua vida ?

O tempo que dedica a si mesmo e em amor aos outros, então primeiro temos criar as fundações que é o amor por nós mesmos, dedicando tempo e espaço a rotinas que dêem sustentação amorosa a esse processo, ao nosso corpo, à nossa mente e espirito, para depois conseguirmos estar com outros em harmonia real.

Será um mês com oportunidades maravilhosas, sincronias maravilhosas de fazer novas escolhas, de mover a nossa vida alinhada com aquilo que sentimos dentro de nós, seremos capazes de assumir compromissos mais conscientes connosco e com outros ou podemos escolher ficar presos no negativo, na reclamação, no julgamento e em tudo o que nos tira a visão das coisas belas da vida, da simplicidade, ficarmos focados no sofrimento e nos defeitos, ficamos fechados no exterior e na destruição e sofrimento.

O fluxo energético será muito intenso, talvez o mais intenso que já sentimos este ano, afinal o objetivo dele é abrir o chakra cardíaco, mas para isso é preciso tomarmos consciência de quais as feridas emocionais e as matrizes do eu inferior que nos prende na dor e sofrimento, que operam nos chakras inferiores como força inconsciente de movimento da nossa kundalini.

Quem não tiver consciência do seu processo individual, vai poder ver o seu lado instintivo ou mais primitivo vir ao de cima como reação, vão ver a raiva e o ódio reprimido a dispararem em todas as direcções e aos outros, vai poder ver realmente tudo o que está desatualizado no seus sistema de crenças, valores e emoções e que precisa de ser atualizado em amor e compaixão por si e os demais. Vai ver como manipula e é manipulado nas relações, como é tenta controlar e perde o controlo, como é controlado, vai poder observar as dinâmicas reais onde se move.

Quem estiver centrado na sua reavaliação interior, irá sentir as oscilações emocionais e o fluxo vibratório com a flexibilidade necessária ao processo, sem necessidade de mental julgar as coisas como elas se apresentam, eventualmente poder sentir necessidade de partilhar com alguém que já sabe e que compreende o seu processo interior, sem julgamento mas de forma amorosa lhe vai dar apoio no que está a ocorrer como uma continuidade do que está a observar em si.

Traz também a oportunidade de sair da constelação familiar de dor e sofrimento mediante observação e reavaliação do processo, dando um significado do que realmente ocorreu e dos reais motivos à aprendizagem do seu ser, saindo de padrões de auto destruição e sofrimento gerados na ancestralidade dessa família.

Por isso é tempo de reavaliar quais os valores familiares com os quais se identifica e porquê ? Como eles contribuem para si e na sua vida em qualidade ou não qualidade ? Quais sonhos da família que você adquiriu como seus mas na realidade só trazem dor e sofrimento? Quais as guerras de família que você assumiu como suas ? Quais os padrões da família que adquiriu como seus ? Quais as crenças da família que condicionam seus relacionamentos ? O dinheiro ? A saúde ? e cada área da sua vida ?

É tempo de libertar-nos da culpa, da vergonha e da raiva, de aliviar as cargas emocionais que trazemos do passado, muitos tem sentido elas a virem à tona desde a Lua Cheia de Junho, principalmente porque na realidade é preciso dar um novo significado a tudo que vivemos, observar um plano maior de tudo tomando consciência que existem perdões a fazer a nós e aos outros, que existe uma compaixão necessária a todo o processo connosco e com outros, para que a aceitação de tudo que vivemos seja mais profunda e real e não fiquemos apenas no mental abstrato.

Queres viver alinhado/a com a Alma/ Espírito / Eu Superior / Essência ou qualquer outro nome que tenhas para esse processo, então temos mesmo de ir à neutralidade de tudo o que foi criado, porque a responsabilidade máxima da criação não está em Deus/ Universo / Grande Espírito está em cada um de nós, então quando conseguirmos entrar na neutralidade de observar como tudo decorre na mente, nas emoções e se desenrola nas nossas vidas conseguimos aliviar a carga de peso que carregamos connosco, e o que damos aos outros, só aceitando todo o processo podemos realmente dar-lhe um novo rumo e significado em amor.

Será um mês de morte e renascimento profundo do nosso Ser, em que as transformações serão muito profundas, porque estamos a preparar-nos realmente para um programa alinhado com o coração, daí a necessidade de fazer reset ao sistema.

Este mês será mesmo necessário respeitar as necessidades do corpo, respeitando os períodos de descanso versus os picos de energia, isto porque irá existir dias que já acordamos mesmo sem energia para nada, o sistema esta a ser reprogramado e precisa de tempo e descanso para fazer os uploads e downloads necessários a cada um, também é aqui importante perceber que o tempo dos outros é diferente do nosso, bem como as necessidades.

É preciso fazer uma alimentação alinhada com seu corpo, mente e espírito, nutrir-se seja através da alimentação, estar na natureza, de uma massagem, de fazer meditação, de momentos conscientes em amor por si, porque será aqui nesta consciência de cuidarmos do todo que somos, que irá renascer este novo ser em nós.

Alguns irão procurar mudanças e soluções rápidas de como agir, como transformar, como curar a resposta é igual em todos transformando através de ações alinhadas com o Ser , em amor e confiando que está a ser totalmente sustentado no processo.

Quem entrar em looping emocional e/ou mental recomendo que possa ir à natureza dar uma caminhada, um banho de água salgada, fazer desporto e caminhadas que ajudem a mente a sair do esquema mental, de forma a depois conseguir atingir momentos de silêncio interno onde possa realmente centrar-se e sair da confusão que está ser gerada dentro de si.

Quem quiser usar apenas e só a mente racional para resolver as questões que se apresentarem terá muita dificuldade, agora quem conetar com as suas emoções, sentir o que está a viver e ir além das suas dores pode ter profundos insights do que realmente o inspira e ter um a clareza de de como ir resolvendo as questões.

Ajudar nesta festa temos dia 12 de Agosto, o Mercúrio a entrar retrogrado, o que vai trazer dificuldades de comunicação, dificuldades em usar apenas a mente racional como resolução dos seus problemas, podendo ainda gerar mais caos, no entanto, olhe para isso como a oportunidade não de caos, mas de estar ligado à sua parte intuitiva ligada ao coração onde aí sim tem a capacidade com todas as suas partes fazer a reavaliação do que estiver a viver e tomar decisões e ações mais alinhadas consigo.

Reside aqui uma grande oportunidade de vocês confiarem que têem toda a sustentação Amorosa para fazer seja o que for que vai apresentar-se nas vossas vidas estes meses, que seja qual for as mudanças que tenha ser feitas confie, peça à sua Alma, a Deus, ao Universo, à Mãe Terra, aquilo em que acreditar que possa dar-lhe todo apoio, ajuda e sustentação na resolução deste processo, a fé ligada ao coração estará a ter um nova sustentação de tudo.

Confie que tudo o que acontecer ao nível do planeta terra, muito embora possa parecer-nos tão doloroso e destrutivo, tem um motivo maior que faz parte da evolução e consciência que precisamos tomar.

Confie que será guiado a agir, confie tenha fé de que seu coração vai guiá-lo as pessoas certas, as locais certos, confie nas sincronias da vida , confie que a Alma tem um poder maior que o seu ego, que tudo está a ser criado para atingir um novo equilíbrio dentro de si e ao seu redor.

Acredito que viver entre o medo e a excitação não é fácil, compreendo mesmo porque esse é processo de oscilação em que vivemos quando mergulhamos mesmo dentro de nós, também compreendo que isso possa gerar confusão sobre si mesmo/a e a sua vida, mas confie que será guiado em cada momento, eu sei que muitos sentem-se sobrecarregados por uma serie de questões que emergiram e estão a emergir nas suas vidas, mas respirem, criem momentos de silêncio e paz interior para acalmar esse turbilhão emocional e mental, para conseguirem ter alguma clareza, mantenham fé de que não sabem como mas vão conseguir.

Este Eclipse traz com ele a necessidade de vivermos na Verdade, mas não é uma verdade qualquer, é uma verdade alinhada com um plano maior, com a Alma, para isso é realmente preciso termos a coragem de mergulhar nas nossas emoções e em quem somos, é altura de aprender a relacionar-se consigo, porque cada um está à procura de um novo nível de verdade, alinhado consigo próprios, preparados para caminhar em amor por si mesmos.

São blocos emocionais que estamos a tomar consciência e ter oportunidade de libertar, são blocos kármicos que geramos que estamos a ter oportunidade de libertar, é um verdadeiro Reset ao sistema individual de cada um de nós, oportunidade de redefinir em amor cada padrão, cada relacionamento para uma vibração que tenha realmente qualidade amorosa, mas sem confrontos, brigas e confusões, em aceitação de que sim serviu em tempos, mas não serve mais, já não precisamos culpar os outros, nem a vida, já podemos observar que a experiência foi um campo de oportunidade de auto conhecimento e libertação, pela aceitação e compaixão sairmos daquilo que não tem qualidade.

Observe em si o que já se tornou automatizado nas emoções, na mente, em cada área da sua vida, é um mês com uma oportunidade maravilhosa para a auto observação, reavaliação do que tem ou não qualidade, de perceber o que tem ou não relevância em si e na sua vida para ter essa qualidade amorosa.

O que precisa ser recriado ?
Qual o compromisso que precisa de assumir consigo ?
Quais as transformações que precisam ser colocadas em ação para ter qualidade nos relacionamentos ?
Quais as transformações criativas que precisam ser movidas para que sua profissão possa ser um campo de alegria e prazer ?
O que precisa de fazer para amar-se mais ?
O que precisa para cuidar de si ?
O que precisa aprender aceitar nos outros ?

Qual será o mote deste mês ?

Os relacionamentos, afinal é através dos outros que é gerado o campo de oportunidade de conhecermo-nos a nós mesmos, de podermos avaliar qual a qualidade dos nossos relacionamentos, porque o relacionamento é espelho da forma como eu já amo, cuido e nutro o meu Ser.

Portanto, quando entramos no campo da reclamação/ julgamento de que o outro não ama, não cuida, não respeita, não aceita…estamos na realidade a constatar que eu não me amo o suficiente para saber que esta relação não tem qualidade para mim, ou que eu não me cuido o suficiente e com medo de ser rejeitada/o , abandonada/o ou traída/o sujeito-me a relacionamentos sem qualidade amorosa, ou que quando afirmo que o outros não me respeitam, devo perguntar-me a mim e eu respeito-me o suficiente para não me colocar em situações onde não existe qualidade ? Se eu respeito as necessidades do meu corpo, mente e espírito ?

Quem por aqui passa já leu, que o outro é o campo de oportunidade de auto conhecimento, outros são a oportunidade de sabermos os nossos padrões internos, as nossas feridas emocionais e quais as matrizes do Eu inferior com as quais estamos a reger a nossa vida.

Temos aqui a oportunidade de libertar-nos de relacionamentos que trazem apenas dor, que apenas são sustentados pelas matrizes de ódio e raiva que carregamos dentro de nós, de libertar-nos das crenças que dão sustentação as matrizes de vingança, ódio, mágoa e ressentimento, porque este mês à vai aquecer mesmo, vai fervilhar e vamos poder ver tudo isso vir á superfície de um forma tão intensa, que alguns nem vão reconhecer-se a si próprios, tal vai ser a forma com seu lado mais primário vai reagir face aos acontecimentos.

Se levarmos tudo pessoalmente , todo o ressentimento, ódio e raiva irão surgir como projeção do que está guardado, a culpa e o confronto com outros serão inevitáveis, assim como a dificuldade em comunicar-se com outros , é muito importante que cada um assuma a responsabilidade da destruição que vem a causar a si mesmo, nos seus relacionamentos, nos seus sonhos e projetos, na sua vida em geral.

A oportunidade de percebermos que a dinâmica familiar, é apenas um reflexo do sistema operativo que trazíamos dentro de nós como oportunidade de saber onde ficamos no processo individual da nossa existência, aqui ou vão por mais lenha na fogueira porque estão tão descontentes com que criaram para si mesmos, tem tanta mágoa, ressentimento e culpa que não conseguiram evitar projetar isso em cima dos outros. Afinal, tudo irá vir à superfície como oportunidade, ou eventualmente conseguiram ter como solução, a observação de si mesmos, do que as suas crenças criaram como realidade e observe onde é que não assumiram responsabilidades pelo que esteve a ser criado, quais as áreas da vida que deixou que o piloto automático fosse instalado gerando todo esse caos.

Muito importante na dinâmica dos relacionamentos, é sabermos que não pudemos mudar ou transformar os outros, podemos mudar e transformar a nós mesmos, aos outros podemos devolver em autenticidade, em cada momento a responsabilidade deles no que ambos estão a criar nesse relacionamento, não acusando mas percebendo que foi um campo de oportunidade, onde ambos tiver oportunidade de auto conhecerem-se e onde podem ser feitas mudanças e transformações com qualidade para ambos ou não.

Volto a reforçar que tomem atenção ás mensagens do Corpo, porque ele será um barómetro muito eficaz do estado de presença ou não da consciência que temos de nós mesmos e do nosso processo individual, a forma como os pensamentos afetam o corpo, a forma como não dar o devido descanso o afeta, a forma como não fazer uma alimentação adequada traz tantos desequilíbrios, alguns poderão mesmo ficar doentes como forma de tomarem consciência de si mesmo, como forma de pararem e observarem a si e as suas vidas, ou podem aproveitar o mês realmente para fazer uma restauração profunda e consciente das partes em desequilíbrio, criando aqui uma nova relação com o corpo, mente e espírito, mês onde também as oportunidades de cura podem surgir.

Será muito evidente observar se você está focado no seu interior, em seu processo individual, no seu processo de transformação ou se está apenas focado nos outros, nos que eles “lhe fazem”, a sentir-se como um espectador da sua vida, pode acontecer de apenas conseguir ver o drama, os jogos emocionais, de querer culpar a vida e as forças cósmicas pelo que lhe acontece, mas não se preocupe porque a energia está aí para desfragmentar essas partes que tem como realidade e ajudar.

Infelizmente, estamos habituados a criar eventos internos e externos tão fortes, e extremos quanto a nossa necessidade de despertar para a realidade, daquilo que estamos a criar, fazendo-nos perceber que não somos vitimas dessa realidade mas que estamos a ser seus co criadores em cada momento que escolhemos fingir que não vemos, que escolhemos não agir, que escolhemos ficar naquilo que não tem qualidade amorosa para nosso corpo, mente e espírito, iremos perceber pelo tamanho da destruição que for gerada, afinal para que algo novo possa emergir é preciso criar um vazio, um novo espaço.

Iremos ver grandes egos fechados nas suas verdades, a lutar com todas as forças contra a mudança, a recusarem ceder, irão criar todas as situações possíveis e imaginárias para desacreditar qualquer pessoa que os desafie e as suas verdades, estarão tão fechados no seu orgulho e arrogância apenas diminuindo os outros como forma de poderem sentir-se bem com eles, dando a si mesmos alguma importância, assim diminuem e ridicularizam quem os rodeia, o seu ego inflamado, apenas vê e fala das fraquezas dos outros esta é energia da 3ª dimensão de Leão.

Um grau primário da evolução em que a raiva, ódio, ressentimento, mágoa, vingança e outras matrizes do eu inferior são permanentemente projetadas nos outros sem terem a menor consciência que o outro é um espelho de si mesmo, sem nenhuma compaixão seguem arrasando moralmente quem com eles se cruza…depois quando o fluxo vira, que é caso deste mês, vem a indignação do falso humilde, vem a vitimização, a falta de maturidade emocional, vem as matrizes da vingança, ódio e raiva e todos irão viver o caos que contribuíram como criação.

Podemos escolher distrair-nos com toda essa rivalidade, com essa trama que vai desenrolar-se ao nosso redor, ou podemos escolher a neutralidade amorosa e objetiva de ficarmos na nossa presença interior observando o que isso traz como mensagem à nossa vivência. Não estou a dizer que não devemos salvaguardar-nos, ou defender-nos estou a dizer que devemos observar se a possível intervenção é benéfica ou não a nós mesmos, traz alguma transformação criativa e amorosa ou apenas alimenta os egos.

É muito importante que não nos deixamos distrair com os enredos que estão a desenrolar-se ao nosso redor, observe o resultado desse drama caótico e qual a mensagem que traz a si mesma/o, porque importante aqui é a mensagem e não os mensageiros.

Se persistirmos na tentativa de continuar a manter os enredos de culpados e vitimas, de Luz e Sombra, de bons e maus, dos que estão certos e os que estão errados, estamos a continuar a dar sustentação a todas as matrizes de divisão, destruição, dor e sofrimentos e continuar a perpetuar na ordem natural da vida e da natureza as matrizes de dor, sofrimento, guerra e destruição e meus Queridos a Mãe Terra terá uma palavra a mostrar-nos sobre isso, como mensagem inequívoca do que andamos a gerar a nós próprios e ao planeta.

As estruturas obsoletas vão ser expostas, assim como matrizes inferiores dos governos, empresas virão à tona como forma de em consciência observarmos a realidade do que sempre soubemos, mas preferirmos fingir não ver, para não ter de agir.

Será que o estatuto é mais importante do que alegria do que fazemos ?

Será que os nossos valores contribuem forma equilibrada para as nossas vidas ? Para todos os membros da nossa família ? Para equilíbrio do planeta ?

Será que os recursos que usamos numa base diária pode ser transformados ?

Grande oportunidade é este mês de Agosto de libertarmos as mascaras que criamos para dar sustentação as feridas emocionais, mesmo que os passos que possamos dar este mês possam parecer instáveis, eles precisam ser dados em amor por nós, para termos uma qualidade amorosa em todas as áreas das nossas vidas e precisamos ter uma confiança alinhada com uma fé elevada que estamos a ser apoiados em todos o processo.

Recomendo vivamente que possam reler os artigos de Junho e Julho do Blog, assim como o artigo Despertar da Kundalini, porque irão encontrar muitas respostas ao que estão a sentir dentro de vós e ao que possa estar a acontecer nas vossas vidas, assim como os GPS Lunares da Ruth Fairfield dos últimos tempos e que estão a ser criados ao longo do próximo mês, desejo Vos um mês maravilhoso de reencontro com a Vossa Essência, em profunda autenticidade que possam ser espontâneas/os nas vossas acções e reacções, que possam libertar-se das cargas de culpa, humilhação e vergonha, bem como as de raiva e ódio que todos trazemos em nossos sistemas, para pudermos viver uma vida com mais qualidades amorosas e menos sofrimento.

Com Amor

Ana Tavares

Se gostou deste artigo partilhe com os seus amigos

Veja também