Análise

GPS Lunar

O OLHAR DA VERDADEIRA CAUSA DA RESISTÊNCIA , QUAL A ILUSÃO QUE OCULTA…

Muitos de vós podem agora interrogar-se porque descrevo tantos GPS lunares… Pois a lua move o trilho do despertar da consciência, mas o que está escondido no inconsciente , o que a pessoa não conhece de si… como estamos perante T SQUARE entre jupiter em virgem, saturno em sagitário e neptuno em peixes, envolvendo os nódulos lunares que representam a evolução da humanidade, cada toque que a lua faz a um dos planetas do T SQUARE, devolve-nos a oportunidade de tomar mais um pouco de consciência de aspectos vitais dos padrões inconscientes que podemos tomar consciência…

Nos próximos 2 dias vamos ter a oportunidade de abrir as nossas caixas de pandora, ou para quem já as abriu, é um tempo de fazer uma reciclagem ao que foi colocado como arrumado e sentir onde apenas arrumou mas não está a usufruir da sua potencialidade, não percebeu que existe algo mágico a ser utilizado por si e nas experiências da vida…

Arrumou e esqueceu-se que a vida e a sua magia está no saber estar sempre em contacto expontâneo com tudo o que lhe é inerente e completa a sua identidade na totalidade…

Camuflou a resistência à real transformação e dessa forma não usufrui do potencial que seria colocar essa energia, esse padrão ao seu serviço… apenas continuou no esquema de rotular de mal e está resolvido… nova caixa de pandora, uma nova, mas caixinha formatada com nova resistência…

Na sociedade humana o matrix é regido por valores que são mentiras resultado apenas do medo… nesse matrix que toma vida na estrutura da identidade os seres humanos julgam, criticam, castigam, a si e por consequência aos outros…
Pela mente criam realidades resultado dos seus medos e criam o veneno emocional, esse mesmo veneno emocional entra no matrix e vivem essas realidades que acreditam…

O conflito existe na mente humana, o bem e o mal são resultado desse conflito, é a mente que rotula e não consegue penetrar no que está oculto na experiência como oportunidade de transformação… os que agora conseguem ter essa visão interna de si dentro da experiência, arrumam depois numa nova caixa onde dão vida à ilusão de resolvido, controlado em vez de transformado e renascido para ser utilizado como algo inerente a mim, mas que continua a sua experiência que me irá unificando com o novo ser…

Ao controlar perde a noção real de que o medo continua em acção, não confia, não se experimenta e depois vem alguma experiência e desmonta aquele controle, dando a sensação ao ser que se diz espiritual que fez algo errado… afinal não resolvi isto…
Mentira… ilusão…

Acreditar nessa verdades de que combateu o mal foi só continuar na divisão e continua entregue ao controle, não confia no fluxo Divino da eterna experimentação…

O primeiro passo é tomar consciência agora deste mecanismo em Nós e que continua na ilusão do controle e sem ligação ao fluxo divino… como é uma mentira que diz a si próprio, assim que vem uma experiência o castelo de cartas cai…
Esta consciência conduzir-nos-à à verdade, a verdade conduzir-nos-à a Deus, ao amor…

No momento em que começamos a pensar, já estamos a criar o que acreditamos, mas esquecemo-nos que essa é a nossa verdade, agregada a valores que vão dirigir os nossos pensamentos e criar determinada leitura, ela é só nossa , é resultado da nossa história e só é verdadeira para nós… é a nossa crença…

Recuperar a consciência é ver a vida que nos move tal e qual como ela é e não a história que desejamos ver…

Estar consciente é ver o que é verdade, não aquilo que desejavamos ver para justificar as mentiras em que acreditamos , pois estão envoltas em medos de reconhecer e criam formas de resistência incriveis a vermo-nos MESMO…

Quando a Mestria da consciência se tiver tornado um hábito natural é que somos livres… pois não existem já apegos a valores de perfeição…
Assim utilizamos a interacção com os outros sabendo que estamos a descobrirmo-nos, comunicamos a nossa verdade, mas sabendo que é só o nosso ponto de vista e não tem que ser o do outro…Nós fomos criados para contemplar a beleza da Criação, pois ela está em tudo, mas senão conseguirmos encontrar esta forma de amor dentro de Nós, todo o mundo nos pode Amar , mas nós não sentimos esse Amor…Essa é a grande transformação e da morte da resistência e dessa forma com esta consciência vivemos não o conflito, mas sim a comunhão, a partilha, pois vivemos em verdade e ela apenas representa essa descoberta desta magia que está em tudo o que vivemos…Paz, amor, contemplação em acção e partilha, assim nasce o Amor e Deus em Nós…Abre o teu coração e ama-te incondicionalmente…A lua irá estar a atravessar o signo de escorpião fazendo um sextil a jupiter em virgem , um trigono a neptuno em peixes ,activando dois pontos do T SQUARE e um sextil a plutão em capricórnio…

Transformação da máscara que resistimos a largar e que nos deixa confinados a estar sempre a ter a repetição pela dor… transformação do que representa estar consciente sem medo de ser…
Um Abraço em Amor…
Ruth Fairfield
Se gostou deste artigo partilhe com os seus amigos

Veja também