Leite-creme de laranja e baunilha

Leite, farinha, açúcar e ovos. A base de felicidade poder-se-ia definir assim, mais um batedor de arames que emulsiona e um fogo lento que prepara. Não parece haver segredos, antes um dedo próprio, uma língua gulosa e uma vontade crescente de rapar o fundo da taça como se fosse um pecado mortal não a gula mas o desperdício.

É o meu doce favorito e eu agradeço de todas as vezes que o vejo na carta de um qualquer restaurante.
Ainda agora em Florença lá estava ele, amarelo e cremoso, com nome francês, nas últimas páginas das trattorias e osterias onde se comeu bem, mal e assim-assim.

A propósito: estou em crer que os italianos se dedicaram tanto aos gelados que se esqueceram de tudo o resto. Não obstante, a Ana, generosa, ofereceu-me um livro de sobremesas típicas da Toscana e eu farei o enorme sacrifício de as fazer (e provar, claro) para dissipar todas as dúvidas. O livro numa mão, o tradutor na outra, que este idioma que parece cantado é fácil, escrito nem por isso.

INGREDIENTES
[4 a 6 pessoas]

1 l de leite magro
6 gemas de ovo
140 g de açúcar
40 g de maizena
1 vidrado de laranja (casca sem a parte branca)
1 vagem de baunilha, só as sementes
1 pau de canela
Açúcar demerara q.b.,  para polvilhar

PREPARAÇÃO

Método tradicional

  1. Levamos um tacho ao lume com o leite, a casca de laranja, o açúcar, as sementes de baunilha (abrimos a vagem a meio e raspamos as sementes com uma faca) e o pau de canela.
  2. À parte, com a varinha mágica, misturamos as gemas de ovo com um bocadinho de leite e a maizena – este procedimento impede o leite-creme de ficar com grumos.
  3. Assim que o leite levantar fervura, baixamos o lume, retiramos a casca de laranja e o pau de canela e vertemos a mistura de gemas para o tacho, pouco a pouco, mexendo sempre para evitar que as gemas cozam. Quando o creme começar a engrossar e obtivermos a textura desejada (deverá demorar 1-2 minutos), desligamos o fogão e dividimos o leite-creme por ramequins. Esperamos que arrefeça.
  4. Antes de servir, polvilhamos generosamente com açúcar demerara e queimamos a superfície com um maçarico.

Na Bimby

  1. Colocamos no copo o leite, as gemas de ovo, o açúcar e a maizena e programamos 15 seg/vel 3,5.
  2. Adicionamos a casca de laranja, as sementes de baunilha (abrimos a vagem a meio e raspamos as sementes com uma faca) e o pau de canela e programamos 12 min/90°/vel 2,5. Retiramos a casca da laranja e o pau de canela e dividimos o leite-creme por ramequins. Esperamos que arrefeça.
  3. Antes de servir, polvilhamos generosamente com açúcar demerara e queimamos a superfície com um maçarico (ou só com canela, que também é maravilhoso).

VER BLOGUE

Deixe o seu comentário

Tags:
Sweet Bigas
sweetbigas@luanova.pt

Ana Chaves é jornalista e autora do blogue de culinária Sweet Bigas - sweetbigas.blogspot.pt



#Segue-nos no Instagram