No princípio era o zero…

No princípio era o zero… o imanifestado…o invisível…o tudo e o nada… o princípio masculino e o princípio feminino – o AMOR…

11.jpgA vontade permitiu ao invisível manifestar-se e surgiu o 1. Por isso, o 1 é a ação, a coragem, a vontade, o desejo.

O 1 somou-se a ele próprio e surgiu o 2, o princípio feminino, a dualidade, a divisão, mas também o par.

Do princípio masculino e feminino surgiu o 3, o filho. Por isso o 3 é crescimento, expansão e criatividade.

Porém, o crescimento e expansão quando não têm limites provocam o caos e a desordem, e então surgiu o 4. Portanto o 4 estabelece a ordem, a disciplina e dá ao 3 a estrutura que lhe falta. O 3 pelo seu lado empresta alegria ao 4 que tem tendência a ser demasiado rigoroso.

A estrutura e a ordem estabelecidas se não são postas em causa, tornam-se rígidas e quebram facilmente. E é então que surge o 5, como um fogo destruidor rompendo com a velha estrutura, quebrando preconceitos e dogmas. Depois, recria, reconstrói uma nova estrutura sobre o amontoado de cacos da velha ordem.

Na recém-criada estrutura surge o 6, com uma nova maturidade emocional. Ele descobre o afeto, a emoção. Portanto o 6 é uma energia paternal ou maternal, mais sábia, mais terna, consciente de si e dos outros.

É então que começa a perceber o mundo com outra profundidade, já não lhe basta ficar-se pela superficialidade do conhecimento. E eis que surge o 7 – a energia da reflexão, por excelência. A mente racional deseja fundir-se com o coração. Mas nem sempre é fácil.

Neste ponto surge o 8 que já é capaz de realizar os sonhos, de os materializar, dado que a nova ordem criada pelo 5, está agora muito mais amadurecida, tudo é sentido com maior profundidade e maior compreensão. Portanto, o 8 é fruto de muito trabalho interior, muita reflexão, muita paciência, para que nesta energia possa por fim dar início à construção e concretização dos seus projetos.

No final, o 9 olha para o seu percurso de vida e faz um balanço. Toma consciência de que afinal, tudo fazia parte do seu processo, abrindo finalmente o seu coração, passa a aceitar tudo e todos (incluindo ele próprio). Finalmente percebe que está pronto para regressar à sua energia primordial – ao AMOR INCONDICIONAL e então…tudo recomeça…10…

Deixe o seu comentário

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

#Segue-nos no Instagram