Artigos, Numerologia

O que é a numerologia?

A Numerologia é uma arte, uma filosofia, um salto quântico…

book1.jpg

A Numerologia estuda o simbolismo dos números, numa perspetiva metafísica, transpessoal e sagrada, bem como a sua influência nossa vida, através, sobretudo, da nossa data de nascimento e do nosso nome completo.

Cada número representa um arquétipo universal, com características perfeitamente distintas. De acordo com Carl Jung, “os arquétipos são imagens psíquicas do inconsciente coletivo, que são patrimônio comum a toda a humanidade”.

A Numerologia divide-se em Numerologia Karmica Pessoal e Numerologia Karmica Transpessoal.

Através do estudo da Numerologia Karmica Pessoal é possível aceder, com base no nome e data de nascimento de um dado indivíduo, a um vasto campo de informações valiosas, que nos permitirão aferir não só acerca da sua personalidade (forma como se expressa, que impressão causa no mundo que o rodeia, quais os seus verdadeiros desejos e ambições, quais os desafios que esta vida lhe propõe, entre muitos outros aspetos igualmente interessantes para quem busca conhecer-se em profundidade) mas também acerca da sua essência, ou da sua alma, se preferirem.

Temos a possibilidade de aferir acerca da sua contabilidade Karmica, descobrir em que ponto se encontra o indivíduo em relação a ele mesmo (de acordo com o propósito específico que veio cumprir na vida presente), conhecer os principais desafios kármicos, compreender os grandes e os pequenos ciclos da sua vida bem como extrair toda a informação acerca do que verdadeiramente o move em direção à plena integração do seu Ser.

Por outro lado, quando falamos em Numerologia Transpessoal, deixamos de analisar indivíduos e passamos a estudar factos ou ocorrências, geralmente na forma de datas, tendo em conta não só as causas e as consequências que geraram tais acontecimentos mas e sobretudo a razão da sua manifestação, naquele exato momento.

A Numerologia permite levantar o véu da ilusão, afastando as pesadas cortinas que nos impedem de ver aquilo que já existe. A ilusão que impede o Ser de sentir o verdadeiro e imenso potencial que possui dentro de si, permitindo dessa forma ajudar-nos a recordar o nosso propósito para esta existência terrena. Não se trata de adivinhação ou vidência. Sendo assim devemos respeitá-la como tal, usando-a com amor e dignidade, para o bem da Humanidade.

Para nos ajudar a entender as nossas escolhas, é essencial recorrer à Numerologia, bem como a outros saberes milenares que com ela se relacionem direta ou indiretamente, como o Tarot ou a Astrologia.

O Mapa Numerológico permite-nos identificar os dons que trazemos e podemos desenvolver, as lições a aprender, as lições já aprendidas, o grande objetivo desta vida, as questões karmicas,

Através do nosso Mapa Pessoal podemos “ler” na nossa Alma e podemos ainda aproveitar ao máximo as qualidades inerentes à nossa personalidade, bem como compreender os nossos maiores defeitos, minimizando assim as consequências dos nossos atos.

Conscientes desta “Nova Visão” e em sintonia com o nosso verdadeiro Eu podemos fazer as escolhas que nos guiam de volta ao caminho da Luz.

Como já se disse, em Numerologia os números são despidos do seu carácter profano, cujo significado é puramente quantitativo, passando a ser considerados como símbolos vivos, sagrados, que emanam frequências vibrantes de energia.

A cada uma dessas frequências, isto é, a cada Número, estão associadas determinadas qualidades ou características com movimento próprio, que se perpetuam no eterno movimento Cósmico. Essas emanações de energia estão presentes em todas as coisas e, obviamente, também se encontram nos números que compõem a data de nascimento e o nome de cada um de nós.

Cada ser humano carrega consigo um verdadeiro mapa das estradas, onde surgem assinaladas em diferentes cores e traçados, os rios, as montanhas, as estradas, as pontes, as zonas de descanso, as pistas de alta velocidade, os obstáculos, enfim, todos os pormenores dignos de qualquer mapa completo.

Uma leitura numerológica profunda assinala os caminhos já percorridos, já conhecidos (a zona de conforto); os caminhos que poderão e deverão ser percorridos, permitindo dessa forma tomar contacto com novas experiências; os obstáculos e as encruzilhadas do caminho, ou seja, os momentos em que nos sentimos confusos, à deriva, sem rumo; os altos e os baixos da vida, que mais não são do que as sucessivas tomadas de consciência de que a vida é um processo sem início e sem fim, marcada por renascimentos e mortes numa espiral eterna de autoconhecimento, até à Integração Total.

A Numerologia é uma ferramenta, que usada sabiamente, serve fins de desenvolvimento pessoal, desde o ponto mais inconsciente de cada ser até ao potencial máximo que a sua consciência possa e deseje atingir em cada existência. É o Conhece-te a Ti Mesmo!

Por isso, neste sentido, afirmo que a Numerologia é terapêutica, pois através das tomadas de consciência, produto de uma boa análise do mapa natal numerológico, poderemos sarar velhas feridas emocionais ajustando antigos padrões de comportamento, reequilibrando dessa forma as diversas áreas da nossa vida que necessitam de cura e amor.

Cada mapa possui diversos números que regem diferentes aspetos do nosso Ser, por isso lhes chamamos Números Regentes. São eles que apontam o caminho, que mostram a direção que pode ser tomada, ou por outro lado, os becos que devem ou podem ser evitados, pois não há necessidade de repetir as mesmas experiências dolorosas (a menos que a lição ainda não tenha sido completamente apreendida e por consequência plenamente integrada), permitindo-nos assim viver o nosso processo de forma mais consciente e equilibrada.

Na prática utiliza-se esta ciência para estudar, analisar e interpretar a essência de qualquer número ou letra. No caso concreto das letras, recorremos ao próprio simbolismo da letra e acrescentamos-lhe o significado do número que lhe corresponde, o que nos permite trabalhar sobre uma base sólida, detalhada e rica em informações.

Para efetuar uma Leitura de Numerologia Karmica são necessários dois dados indispensáveis, como aliás, já referi: o nome completo de registo e a data de nascimento. Estes dados são tratados separadamente, mas analisados e interpretados como um todo, pois ninguém é apenas um número, uma data ou um nome.

Cada Ser é multifacetado e multidimensional, e portanto, nunca se é apenas um número mas sim um conjunto de diferentes vibrações numerológicas ou um conjunto de diferentes emanações de energia em eterno movimento.

Num estudo Individual de Numerologia Karmica levo em consideração todas as Regências Numerológicas portanto cada mapa é único e especial, pois cada um de nós possui uma essência única, uma matriz original.

Se gostou deste artigo partilhe com os seus amigos

Veja também