Seja o que for que aconteça.

Seja o que for que aconteça.

Seja o que for.
Seja o que for que aconteça.

Sempre que te desafias algo acontece…e tu só podes saber se aceitares. Se aceitares esse desafio. Esse desafio foste tu que o escolheste, foste tu que o programaste, foste tu que o colocaste no teu caminho.

Ontem. Hoje. Agora. No preciso momento em que ele surgir é o momento certo para o encarares.

 

Há algo dentro de ti que tem de ser gritado, rasgado, incendiado, transmutado. Há algo dentro de ti que tem que ser ou arrancado…ou integrado. De vez. Para sempre. A sanação do teu conflito interno entre quem és, a tua essência, e quem pensas que te tornaste, a ilusão que construíste de ti mesmo por fuga à dor…uma fuga corajosamente forjada, que ao aceitares o desafio, é posta à prova. Uma fuga à qual te apegaste…

E antes de ires tu já sabes. E por isso não queres ir. Tu já sabes que tudo vai mudar. E a mudança assusta. Assusta até quem a toma como par nesta dança…a vida.

E é por isso que o desafio surge. Para te levar onde tens que ir, fazer o que ainda não fizeste…fazer o que nunca fizeste…ultrapassares a matéria e seguires a alma, para que no retorno alma e corpo estejam em perfeita sintonia de acção…levando-te à fusão…e à paz…

No fim, no fim, acredita, vais ser uma melhor versão de ti mesmo.
E só isso é que importa.

Cristina Fernandes

Deixe o seu comentário

Cristina Fernandes
cristinafernandes@luanova.pt

Hipnoterapeuta, terapeuta transpessoal, formadora e palestrante, com formação superior em Comunicação e pós-graduação em Psicologia Cognitivo-Comportamental e Hipnoterapia, curso de Psicologia Junguiana pelo Núcleo Português de Estudos Junguianos.



#Segue-nos no Instagram