RICARDO FONSECA Archive HOME > RICARDO FONSECA

Simplicidade!   “Ao meu redor Escuto clamores de grandezas, grandes gestos, grandes palavras, emoções e sentimentos, contemplando olhares perdidos no Tempo e na Vida, ansiosos de alcançar tudo o que seja Grande, para se sentirem felizes! Escuto atentamente as conversas alheias, leio as palavras escritas pelo Outro, consciente que esta minha capacidade e habilidade de […]

“Prometi a mim mesmo que não me iria magoar, mas magoei com as escolhas erradas, com as decisões apressadas e originadas pelos impulsos emocionais, que não permitiram ao meu ser escutar a voz da razão! Magoei o meu ser de tal forma que as cicatrizes são profundas e a sua cicatrização é um processo demorado, […]

BIOGRAFIA: -Nascido em Lamego em 1982, Ricardo Sousa Fonseca é enfermeiro, escritor e terapeuta. Escreveu dois livros num registo intimista, quase autobiográfico, e participou em três coletâneas de poesia e uma de histórias de amor, demonstrando a sua versatilidade no mundo das palavras.​ No seu terceiro livro, Reflexos, compilou as suas reflexões publicadas nas redes […]

🕯Dizer Adeus! Adeus! Palavra tão pequena, mas com uma carga emocional tão forte! Custa dizer adeus, sentir uma despedida, aceitá-la e reconhecer que pode ser um até já ou um até sempre! Dizemos adeus em muitos e diversos contextos da nossa Vida, seja numa separação temporária condicionada por um afastamento espacial; seja uma separação definitiva […]

A Escrita Terapêutica é uma terapia onde a escrita é utilizada como ferramenta terapêutica visando facilitar processos de cura emocionais, psicológicos e consequentemente com repercussões ao nível físico, social e relacional. Esta terapia consiste na utilização da escrita através darealização de diversos exercícios que podem ser aplicados em diversos processos vivenciais  e que podem ser […]

O porquê desta terapia? “Comecei a escrever há muitos anos atrás para expressar os meus sentimentos, as minhas emoções, falando comigo mesmo sobre assuntos secretos que, por vezes, não faziam qualquer sentido e originavam questões sem respostas! Escrevi imenso ao longo destes anos sobre todos os processos emocionais que vivi e que marcaram a minha […]