Artigos, Saúde e Bem-estar, Terapias

Que tipo de tratamentos podem ser feitos na consulta de Medicina Tradicional Chinesa?

Que tipo de tratamentos podem ser feitos na consulta de Medicina Tradicional Chinesa (MTC)?

Pois bem… na minha experiencia de 10 anos, enquanto terapeuta de MTC, defini 3 áreas de atuação:

Área da dor:

Patologias da Dor: ciática, lombalgia, cervicalgia, dor de ombro, dor de joelhos, Torcicolo, enxaqueca, dores por traumatismo; artroses e artrites, tendinites, epicondilites (cotovelo), síndrome do canal cárpico, dor articular, dor muscular, dor pós-operatório, síndrome do ombro congelado, etc.

Área da Psicologia/Psiquiatria:

Patologias do foro psicológico/psiquiátrico: Ansiedade, ataques de pânico, depressão, fobias, hiperatividade Infantil – PHDA, Juvenil e de adultos, stress, esgotamento psicológico, anorexia, insónia, psicoses,etc.

Área da estética/emagrecimento:

Emagrecimento, tratamento de celulite, pernas cansadas, cicatrizes, obesidade;

No entanto, poderemos ainda tratar muitas outras patologias, em que os resultados obtidos têm sido bastante bons:

Patologias respiratórias: asma, sinusite, rinite.

Patologias femininas: problemas menstruais, infeções urinárias, infertilidade, enxaqueca, menopausa.

Patologias masculina: Próstata, impotência, infertilidade,

Patologias diversas: Obstipação, Refluxo gástrico, pernas inchadas, edemas, Sequelas de AVC, diabetes, Obesidade e excesso ponderal, má digestão, Acúfenos (Zumbidos),

Numa consulta de MTC, o paciente será sempre sujeito a um diagnóstico e será informado dos tratamentos que irá realizar. Todas as consultas terão a duração média de 50 minutos.

Uma das questões mais abordadas é se as agulhas fazem doer. Não, isso é um mito que se criou e que nada tem de verdadeiro. Para quem já recorreu à acupuntura, sabe que isso não é verdade.

Só me resta dizer: se sofre de alguma patologia, não hesite e venha a uma consulta de MTC, pois poderemos ajudar a ter mais saúde e melhor qualidade de vida.

Bem hajam.

Nuno Pacheco

Se gostou deste artigo partilhe com os seus amigos

Veja também