Artigos

Tudo é energia

Das mais variadas maneiras, a física quântica está a destronar a visão sólida, materialista e separatista Newtoniana e a mostrar como afinal o mundo não é composto de seres ou objectos isolados e independentes uns dos outros mas sim que tudo é energia em permanente interação uns com os outros.

Desde a mais sólida rocha ao corpo humano, tudo pode ser dividido e decomposto que o resultado será sempre o mesmo; átomos compostos de quarks e fotons em permanente vibração criando um composto único, pessoal e diferente que é a nossa frequência pessoal, individual e única, fruto da nossa história também pessoal, individual e única. Não é importante se esses compostos são pessoas, móveis, plantas, animais ou planetas.. Tudo é energia.

Viver, crescer e evoluír não é mais do que a nossa interacção diária e permanente dessas infinitas energias entre nós e o mundo.
As energias em vibração extremamente acelerada dão origem a emoções, sensações, intuições e pensamentos imperceptiveis ao olho das 3 dimensões, quando em vibração excessivamente lenta ou desacelerada essas energias dão origem a matéria física ou sólida como por exemplo o nosso corpo físico.

Se conseguíssemos ver essas energias em funcionamento veríamos como elas são tão sensíveis e alteram-se facilmente tal como quando atiramos uma pedra para um lago de água parada; vai criar um impacto que vai atingir toda a água do lago através de ondas. Nenhuma parte da água do lago ficará livre de sofrer esse impacto pois as ondas farão chegar vibrações a cada milímetro do mesmo.

Depois de séculos a vermos o mundo e os outros como entidades independentes, sólidas e diferentes de nós que nos habituámos a julgar isoladamente, vai levar o seu tempo até olharmos o mesmo mundo mas agora feito de energia em constante interacção e movimento e da qual somos não só responsáveis pela nossa pessoa assim como tudo o que ela impacta fora de nós tanto positiva como negativamente.

O próximo estágio, prevejo ou melhor, anseio eu, será a descoberta ou confirmação científica de que essa energia que todos vemos fazer mexer o mundo, o tempo e os ciclos da natureza, o movimento dos planetas, o crescimento de um feto dentro da barriga da mãe, o crescimento da uma semente, a viagem da larva até à borboleta não tem apenas impacto no mundo material mas é sim uma energia muito mais inteligente e sábia do que alguma vez poderíamos imaginar.. Essa energia tem um propósito evolutivo e rege-se por Leis Universais algumas bem diferentes e muito mais avançadas do que as limitadas leis Físicas.
Por exemplo a Lei do Karma é bem representada na natureza mostrando como as ondas formadas pelo impacto da pedra no lado, ao atingirem a margem retornarão ao centro e e vice-versa até que a energia se gaste e pacifique.
Logo, na versão energética, tudo o que está nossa realidade está em vibrações idênticas à nossa e se foi atraído faz com certeza parte da nossa história.

Mais do que ter um programa absolutamente maravilhoso capaz de criar o mundo natural que vemos à nossa volta, iremos com o tempo conseguir comprovar que essa energia maravilhosa sabe distinguir o pólo positivo do pólo negativo, equilibrar as energias feminina e masculina, sabe gerir na perfeição as frequências das ondas que fluem nos nossos lagos pessoais apenas levando a cada qual as energias que precisamos para atingir esses equilíbrios.
Iremos algures, quem sabe de que maneira, conseguir comprovar que o Cosmos é afinal um imenso Grande Espirito tanto sensível como inteligente que tem como último objectivo proporcionar-nos experiências que nos levem à nossa essência de amor, indo pelo caminho descartando sem dó nem piedade, tudo o que não esteja alinhado com o amor mais elevado e o bem maior, pessoal e universal.

Cuidemos então dos nossos pensamentos, das nossas emoções, das nossas acções.
Tenhamos atenção às pedras que lançamos para os outros e para o lago da vida pois é nele que vivemos também.
Vivamos com humildade cuidando do que de facto nos irá acompanhar pela eternidade; a nossa essência.
Chega de irresponsabilidade e de inconsciência pessoal onde nos prendíamos nos actos dos outros sem noção alguma de que eram co-criados por nós.

A energia segue a nossa intenção. Seja ela consciente ou inconsciente.
Da mesma maneira que criámos a realidade como a conheçemos, temos o poder de criar uma nova.
Por isso a proposta é vivemos atentos manifestando a todos os níveis exactamente o que queremos que a energia nos traga de volta..

Bem hajam! <3
Vera Luz

Se gostou deste artigo partilhe com os seus amigos

Veja também