Artigos

Vénus em Carneiro

Vénus em Carneiro está em exílio e por isso encontra alguma instabilidade na sua expressão e nas características que lhes estão associadas, como a serenidade, a cordialidade e a harmonia, no contacto social, na vivência do amor, sexualidade e relacionamentos.

Dependendo do grau de Carneiro onde se encontra Vénus, pode adquirir as dignidades de termo e face, o que contribui para a estabilidade da expressão de Vénus, minimizando alguma da instabilidade do exílio.

O signo Carneiro é masculino e diurno e Vénus é feminina e nocturna, por isso assume uma postura contrária à sua natureza no que diz respeito ao género e facção. Os contactos sociais, o amor e relacionamentos estão em destaque na vida destas pessoas. Apresentam-se extrovertidas e directas, estão constantemente a fazer novos contactos que lhes possam trazer diversão e prazer. Sem rodeios, vão directamente ao assunto e normalmente não fazem segredo disso.

Vénus em Carneiro vê reforçada a qualidade quente deste signo, mas a sua habitual humidade que se traduz em flexibilidade e receptividade perde com a secura deste signo de elemento fogo, temperamento colérico. Assim, o quente sugere que são pessoas calorosas, apaixonadas, extrovertidas. Mas o seco sugere rigidez, individualismo. Na sua busca do prazer e divertimento tendem a ver mais o seu lado, a preocupar-se mais com o seu próprio prazer do que com o prazer alheio. Adoram a conquista amorosa, especialmente se constituir um verdadeiro desafio, apaixonam-se
num impulso, num primeiro olhar e também facilmente se aborrecem, mas enquanto dura, o relacionamento é fogo! literalmente o elemento deste signo. Aliando o fogo ao facto de Carneiro ser um signo bestial, expressam o seu amor e sexualidade de forma intensa e primária, afirmando sempre o seu poder numa espécie de jogo entre caçador e presa.

Como Carneiro é um signo de início de estação, a primavera, é cardinal, e por isso Vénus expressa-se de forma muito dinâmica e rápida. Está sempre algo a acontecer no campo do amor e dos relacionamentos. As pessoas prezam a sua liberdade, não gostam de se sentir restringidas, gostam de novidade, de começar relacionamentos, por vezes ao mesmo tempo que mantêm um ou mais.

Marte é o regente deste signo e acrescenta um lado combativo a esta Vénus. A competição e iniciativa amorosa são muito importantes. Gostam mais de conquistar do que ser conquistados e gostam de assumir o papel de líder da relação, enquanto esta dura. As relações são muitas vezes povoadas por um ambiente onde os ciúmes são uma constante e muitas vezes são mesmo os ciúmes que mantêm o desafio, a chama que precisam para manter a relação, desde que a sua liberdade não seja restringida, ou seja, são ciumentos mas raramente mantêm parceiros ciumentos por muito tempo.

Vénus em Carneiro, assim como em qualquer outro signo, interpreta-se de acordo com a natureza de Vénus combinada com a natureza do signo, como realizado nos parágrafos anteriores.

Marilyn Monroe com Vénus em Carneiro foi uma mulher de grande beleza, que expunha de forma bem visível, por vezes demasiado, correndo o risco de parecer artificial. O seu objectivo era chamar a atenção, provocar, conquistar. Falar em Marilyn é falar sobretudo de sensualidade, das diversas conquistas e relacionamentos tórridos que manteve na sua vida curta mas intensa, seja no grande ecrã ou fora dele.

Conquistou e continua a conquistar milhões.

“(…)Monroe era apaixonada pelo presidente Kennedy e queria casar com ele no início de 1960, quando ela visitava a Casa Branca frequentemente, porém o presidente já era casado. Monroe ficou entediada por ter o relacionamento às escondidas da esposa de Kennedy, e então se envolveu com o irmão, Robert Kennedy (…) (Wikipédia)

Dados de Nascimento de Marilyn Monroe (AA): 1 Junho 1926, 9h30 – Los Angeles, Califórnia, USA 34n03, 118w15 (Astrodatabank)
Patrícia Azenha Henriques

Se gostou deste artigo partilhe com os seus amigos

Veja também